sexta-feira, 16 de maio de 2008

A UNE REPRESENTA OS ESTUDANTES? PC do B pressiona o PT e o Governo Lula utilizando as alianças municipais para conseguir mais alguns milhões do Povo

A UNE REPRESENTA OS ESTUDANTES? PC do B pressiona o PT e o Governo Lula utilizando as alianças municipais para conseguir mais alguns milhões do Povo Brasileiro

É de rir o site da UNE (http://www.une.org.br/).
A matéria "Jantar da UNE e da UBES contou com presença de Beth Carvalho e Carlos Lyra " é um exemplo: "Para a presidente da UNE, Lúcia Stumpf, "o jantar foi importante para sensibilizar a sociedade carioca para a reconstrução da sede das entidades estudantis, pois essa não é uma reivindicação da UNE ou da UBES, mas sim dos estudantes brasileiros".
Pergunte para qualquer estudante ou entidade estudantil o que a UNE faz? Qual o motivo do PC do B tomar conta da UNE há quase 20 anos? Corrupção, controle autoritário, manipulação de delegados, uso da máquina e motivações pessoais são os elementos que a diretoria do PC do B utiliza para continuar por lá o tempo todo.
Na outra matéria, "Memória 68: Caravana da Anistia é realizada no terreno da UNE e UBES, na Praia do Flamengo, 132", que é aberta com a frase "Sessão da Caravana julga processos de estudantes perseguidos durante ditadura militar, um importante passo para a consolidação da democracia brasileira", é muito interessante que a juventude do PC do B que comanda a UNE deveria ter vergonha na cara ao abrir a boca para falar em democracia. Não honram os militantes que lutaram para a conquista da democracia (NÃO É A TOA QUE A MAIORIA DOS EX-DIRETORES DA UNE CRITICAM A FORMA AUTORITÁRIA DA DIREÇÃO DA UNE AO NÃO OUVIR AS BASES).
Agora só falta ser uma armação para a construção do Memorial da Anistia Política no Brasil junto à UNE. Caso isso ocorre, uma campanha internacional deverá ser feita para denunciar a distorção e a contradição de tal medida. A UNE vendeu-se ao realizar parceria com a Globo. Usaram R$2,3 milhões de reais para construir a História do PC do B no movimento estudantil.
O livro produzido pela UNE "Memórias Estudantis" é uma propaganda barata para "extorquir" do Presidente Lula recursos que serão utilizados apenas por um grupo. Um livro que foi vendido ao cidadão comum - o meu caso - por R$60,00 e doado aos interessados em "extorquir" recursos para
É um desrespeito com quem trabalha sério, com quem produz muito em prol do país e quer que a história do país seja acessível.

3 comentários:

Anônimo disse...

Ainda bem que a UNE representa a juventude estudantil organizada e não blogueiros chorões de internet.

OTÁVIO LUIZ MACHADO (RESPOSTA DO BLOG) disse...

RESPOSTA DO BLOG POR OTÁVIO LUIZ MACHADO:

A UNE não representa de fato os estudantes universitários. E já faz algum tempo. Eis os argumentos:

1) A direção de uma entidade estudantil que nunca está presente nas suas bases representa quem?

2)Não é por acaso que tantos e tantos movimentos estudantis além da UNE estão surgindo;

3) A insatisfação à direção do PC do B na UNE é tão grande que mês a mês qualquer grupo que não se alie à cartilha da UNE sai vitorioso. Inclusive diretórios acadêmicos e DCEs de grandes universidades;

4) Instrumentalizar uma entidade histórica como a UNE e servir de interesse ao PC do B significa representar os estudantes?

5)Tentar tirar proveito das políticas exitosas do governo Lula sem lutar em conjunto com os estudantes é atitude de representante?

6)Buscar escrever a história do movimento estudantil com a cara do PC do B e centralizando o foco do movimento estudantil no eixo Rio de Janeiro-São Paulo é atitude de uma UNE que deveria representar os estudantes brasileiros?

7) Não apoiar a ocupação dos estudantes da USP (e criticar os que lá estavam expostos à violência policial e à perseguição da administração universitária) e semanas depois anunciar que a UNE conseguiu verbas para a assistência estudantil - a bandeira do movimento estudantil que luta (ocupações, movimentos de casas de estudantes etc) é representar os estudantes brasileiros?

8) A UNE ao se apresentar como a grande líder da ocupação da UnB (foi o DCE) representou de fato uma propaganda de marketing em cima dos que ela deveria representar. A Presidente da UNE foi lá depois de tudo já definido. Se representasse os estudantes estaria ali desde os primeiros momentos

Os estudantes estão lutando. Enquanto o caráter governista da UNE não ajuda nem os estudantes nem o próiprio Governo Lula, que precisa ter subsídios dos estudantes de todo o Brasil para direcionar suas políticas públicas. A direção da UNE atrapalha a criação de uma política pública mais aberta aos estudantes pois ela própria não conhece a realidade universitária.
o que faço aqui é estimular o debate, sobretudo para que a direção da UNE tome uma posição mais aberta. Críticas numa democracia é como água no deserto.

Jakeline Lira disse...

concordo com o Otávio.
É notório que o movimento estudantil institucionalizado vive um momento de crise, pior são alguns (ou vários) que participam desse movimento e se fecham em seus mundinhos e não sentem essa crise.
É muito triste ver a ausencia dessas lideranças em diversos espaços formativos e de de formação de redes e intercâmbios com outras juventudes, enquanto que em espaços de disputa todos estão presentes, trazendo junto um monte de jovens instrumentalizados, que muitas vezes nem sabem para que estão votando na liderança.
outra coisa: cadê a argumentação desse "anônimo"? desqualificar com palavrinhas como "blogueiro chorão" é muito chulo, muito fraco.
Até quem é partidário, participante de algum movimento, além de respeitar idéias alheias, tem que ter discurso e saber enxergar o outro lado, e mais: enfrentar as críticas. como sociedade civil me sinto mais propensa a concordar e acreditar em alguem que tem pesquisa acadêmica e expôs uma opinião pessoal de análise dos fatos...

a UNE, ou especificando, a UJS basicamente só se defendem das críticas ou se justificam, ou sei lá o que..
deveriam se dar ao luxo de se repensar, de escutar as críticas que querem ser contrutivas.. até porque quem está criticando não é o "inimigo".